Olhe para o lado

March 29, 2018

 

 “Acima de tudo, amem sinceramente uns aos outros, pois o amor perdoa muitos pecados.”

I Pe 4.8

 

Fomos escolhidos por Deus para servi-lo e fazer a Sua vontade na terra. Evangelizar, discipular, mobilizar, treinar, dentre outros trabalhos que nos dão a sensação de “dever cumprido”. Cada cristão tem a consciência de que o chamado do Senhor traz consigo algumas responsabilidades. A porta é estreita e a lapidação se faz necessária pra conseguirmos alcançar um nível maior de intimidade com o Pai. As crises nos dão oportunidades de amadurecer e perceber que, quando decidimos viver para Cristo, precisamos abrir mão das nossas vontades e pedir discernimento ao Senhor pra saber conduzir a nossa vida de acordo com a vontade Dele.

 

Uma esfera muito importante da nossa vida são as relações. Elas nos dão a oportunidade de exalar o “fruto do Espírito”. Além de compartilhar o amor de Deus com pessoas desconhecidas, igrejas e líderes, também é preciso olhar para o lado. Vizinhos, família, colegas de trabalho. Pessoas que estão a nossa volta, nos dando oportunidade de conhecer as nossas tendências carnais e a transformação constante que o Espírito Santo faz em nossas vidas.

 

Olhe para o lado! As pessoas a nossa volta são humanas, tanto quanto nós. E também correm o risco de serem levadas por impulsos pecaminosos, tanto quanto nós. O perdão e o reconhecimento da própria humanidade nos ajudam a julgar menos, amar incondicionalmente e perdoar sem esperar algo em troca.

 

A oração nos ajuda a reconhecer nossa posição diante de Deus e do próximo. Olhe para o lado e não deixe de ser um canal de bênção para sua família, vizinhos e colegas de trabalho. Este é um grande desafio para o cristão.

 

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros.” Gálatas 5.22-26

 

Aplicação prática:

 

A oração é um ótimo meio de abençoar seu colega de trabalho. Separe alguns minutos durante a semana para orar com ele. Não para ser um momento de reunião de trabalho ou de desabafo pessoal, mas para “simplesmente” interceder um pelo outro e também pela equipe. Dividir as cargas e as alegrias. Um momento de reconciliação, perdão ou ajustes. Da mesma forma, ore com os membros de sua família em seu lar. Ore com seus vizinhos e em outros círculos sociais. A oração sempre será também o melhor caminho para construção de novos RD´s.

 

 

Cynthia Refosco

Atua na equipe do Cuidado Integral do Missionário 

de Missões Nacionais, equipe do PHILHOS da AMTB e Psicóloga Clínica.

 

 

 

 

Compartilhe
Please reload

Procurar por Tags
Please reload

Em Destaque
Please reload

Leitura Recomendada

Siga-nos:

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

Outros sites de Missões Nacionais

JUNTA DE MISSÕES NACIONAIS DA CBB
CNPJ: 33.574.617/0001-70
IE: 85.636.634
R. José Higino, 416 - Prédio 18 
Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20270-972
Cx Postal: 13363
CONTAS PARA DEPÓSITO:
Bradesco - AG 226-7 / CC 87500-7
Banco do Brasil - AG 093-0 / CC 20275-4
Santander - AG 4362 / CC 130001420; 
Caixa E.Federal - AG 1411-0 / CC 138-6 
Itaú - AG 0281 / CC 66341-9

© JUNTA DE MISSÕES NACIONAIS DA CONVENÇÃO BATISTA BRASILEIRA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS