Deus é Amor!


“No amor não há medo, pelo contrário, o perfeito amor elimina o medo, pois o medo implica castigo, e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor.” (I João 4.18)


A rotina diária de um filho de missionário não está tão distante da rotina de uma criança/adolescente qualquer. O que nos difere dos demais filhos é a educação baseada na Palavra de Deus e nos seus ensinamentos, a prática cristã das visitas frequentes à igreja e a cobrança excessiva em apresentar uma vida exemplar independente do que aconteça. Porém, alguns cristãos não conseguem compreender o momento vivenciado pelo adolescente e as crises existentes nessa fase conturbada de transição para a vida adulta. Dessa forma os pais vivem momentos de angústia e os filhos se sentem sufocados e resistentes diante de tamanha responsabilidade.


Mas, como resolver tal conflito? Como agir de forma que os filhos não se sintam pressionados e reprimidos pelo autoritarismo paterno? O que fazer para conquistar a confiança dos pais de forma que gere um relacionamento saudável e seguro?


Para responder essas perguntas primeiramente precisamos trazer à memória o amor de Deus para conosco. A forma como Ele nos ama transforma nossas ações em louvores a Ele. Mesmo sendo pecadores, quando lembramos do seu infinito amor e cuidado, nosso coração fica contrito e se quebranta diante dEle. O relacionamento entre pais e filhos precisa ser semelhante ao nosso relacionamento com D


eus. Uma relação onde a essência é o amor, que envolve segurança, confiança, respeito e temor. Esse relacionamento precisa ser construído diariamente e de forma transparente através de trocas simultâneas de vida, sentimentos e ações. É fato que os pais esperam tão somente a obediência dos filhos, e que os filhos esperam compreensão, e não apenas uma atitude de tolerância ou de paciência. Diante disso, faz-se necessário quebrantar o nosso coração perante Deus exprimindo nosso profundo desejo em servi-lo e amá-lo, como também nossa vontade em sermos instrumentos poderosos na mão dEle no intuito de abençoar vidas, começando excepcionalmente pelos nossos lares. Que o Senhor continue nos dando sabedoria em nossas ações e que Ele nos desperte para refletir sobre nossas condições humanas de amor, principalmente relacionadas à nossa família.


O verdadeiro amor lança fora todo medo!

Procurar por Tags
Em Destaque
Leitura Recomendada

Siga-nos:

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon